domingo, 22 de agosto de 2010

Aonde Flores

Tudo bem, podem dizer que eu não sou uma rockeira de verdade, que eu trai o movimento punk ou qualquer outra coisa.

Mas acho que não há limites se a música é boa.

Ultimamente estou pendendo mais pra um lado alternativo ( sem deixar os velhos estilos de lado, é claro ), e acho que por isso estou começando a curtir umas coisas mais leves. Um pouco disso também é porque Camila, a garota que trabalha na mesma sala que eu, e é a DJ todos os dias, gosta de coisas assim, tipo MPB e samba, escuta sempre e vem me influenciando bem de leve, hehehe.

Dai, ouvi essa música domingo de manhã e amei.

São alguns versos absolutamente simples e incrivelmente lindos.


Trova (Aonde Flores) - Zeca Baleiro

No céu azul nuvens nuas

No teu olhar céus febris

Passos maiores que as ruas
Canções que eu nunca fiz


Tu pisavas distraída
por entre os carros sem dor
andando pela avenida

como se andasse num andor


Pra onde fores eu vou,
Aonde flores eu fujo
Te dou meu poema sujo

que eu não sei fazer toada


Menos que se quer é tudo
Tudo que se tem é nada...

Nenhum comentário:

Postar um comentário